Posts marcados ‘tempo’

27072012 Kid Abelha!

Show tudo de bom, Kid Abelha, adoro!

Quando soube de cara já chamei a Lidia e ficou super.

Sandro ainda foi e tudo ficou mais doce.

Só as melhores, afinal 30 anos de sucesso não são poucos.

Há um tempo que não passava a noite fora.

A última vez foi como solteira e agora com namorado tudo é diferente, bebidas, garotos, extravagâncias, etc e tal.

Anúncios
Citação

Se for verdadeiro vai acontecer, independente de tempo e distância.

Noites de sábado

E ontem de um jeito estranho relembrei, e até mesmo senti um tanto de saudade, da época em que as noites de sábados eram eternidades de música, bebidas, risadas e travessuras.
De repente no nada pra fazer lembrei-me da época em que eu me montava me jogava e namorava demais nas noites de sábado.

E fiquei pensando: – Que tempo bom.

Até que meu celular tocou e alguém veio me dizer que o bom era o agora.

Tem tempos que você se joga na noite e se diverte com várias pessoas, mas tem tempos em que você encontra apenas uma pessoa e ela faz da sua noite de sábado INESQUECÍVEL.

Quando o NÃO fica inconveniente.

 

Todos sabem que em tempos modernos onde até “padres” se entregam aos prazeres da carne, não existe mais essa coisa de beijar só depois de noivar.

Pelo contrario o bolo esta sendo degustado muito antes da festa e muitas vezes sem nem mesmo a pretensão de ter festa.

Mas deixar as coisas em água morna ajuda em um primeiro contato, afinal de contas entregar o tesouro sem nem ao menos ter entregado o mapa, fica fútil demais e desvaloriza a moeda no mercado.

E sabe-se que tudo que vem fácil vai fácil.

E homens adoram coisas fáceis porque quando eles estão na pior só lembram daquela que dá a qualquer hora sem ter um minimo trabalho da sedução, geralmente sexos assim são péssimos, pois o cara nem se importa se você esta curtindo ou se excitando, ele tem um único objetivo: endurecer, esvaziar e dormir.

Mas um joguinho antes mesmo da primeira vez com o cara torna tudo muito mais interessante. Uma mão esperta, um sutiã fora de área e uns beijos ousados deixa tudo no pre aquecimento.

Sem falar que estimula a imaginação e exercita o cérebro.

Mas quando o joguinho passa pra prorrogação começa a fazer efeito contrario, ou o cara não sabe fazer o processo direito ou a menina tá te enrolando e não vai fazer porra nenhuma com você.

Bom senso ajuda nessa hora. Saber até onde o Não pode ir, pois uma hora o cara ou a gata vai cobrar uma atitude mais encorpada e ai você precisa se ligar que não dá e nem precisa mais fazer joguinhos e brincadeirinhas do pega e não pega…

 

Vídeo

Ouvinduuuhhh….

Eu nem Lembrava mais o gosto do seu Beijo Faz tempo que a gente tava Separado, eu nem imaginava o quanto te desejo Pensei que nosso Amor era caso Encerrado….
Nota

“Felizes para sempre? “

Às vezes eu sinto que certa pessoa já faz parte da minha constituição genética.

Como se tanta química tivesse ocorrido uma fusão e eu não soubesse mais como separar o eu do ele.

E essa coisa de ser tão único sem pudor, sem mascaras me sinto a vontade e ao mesmo tempo incomoda tanta coisa em comum.

Chego a um ponto que posso falar qualquer coisa, posso ousar qualquer atitude, inventar, escorregar e não terei nem um temor de julgamento.

Acho que cheguei ao ápice do meu relacionamento imaginário, naquele ponto onde todos percebem que nasceram um para o outro e vivem felizes para sempre.

E ai chega ao fim de mais um conto de fadas criado pelo meu imaginário.

E isso se reflete no mundo real em uma despedida indesejável de um amor não realizado.

ResumeX

Semana agitada, noite no sono e manhãs na maternidade.
Quase sem tempo para facebook – viciada – e poucas horas de sono.
Mas uma coisa é certa tudo ocorreu bem.
Eu não pretendo trabalhar numa maternidade a não ser que seja minha única opção.
Mas fui muito bem, gostei mais de cuidar das mamães e conversar com elas do que dos bebês em si.
É claro que tive meus momentos de pegar RN no braço e fazer carinho, muito fofo esses momentos.
Mas conversar com as mamães e orientá-las foi o que mais gostei.
E no sono estou tentando mostrar que sei. Que não sei tudo, mas que evolui e que aprende demais. Às vezes me ensinam tanto que dá vontade de falar: – Você já me ensinou isso e eu já aprendi.
Mas paciência, paciência…
Aprendendo a atender as pessoas com humanidade e respeito, recebi até elogios de algumas pessoas que monitorizei fiquei toda boba, mas tudo bem.
Hoje consegui até uma carona com um cara super legal. Pense num cara bacana, era pra ser só até o centro, depois até a Bezerra de Menezes e quando vi estava chegando em casa.
Muito legal ele. Mas sabe né, só amizade.
Essa coisa de amor é complicado, vou pensar que ele é uma pessoa gentil, mesmo que seja raro pessoas gentis não posso afirmar com certeza que elas não existam.

Cada dia pensando menos… Acredito que finalmente estou esquecendo.

Nuvem de tags