Posts marcados ‘febre’

E quando a tattoo não dá certO?!?!

Uma tattoo infeccionada pode ser resultado de várias coisas, entre elas:

1) Tinta de má qualidade;
2) Falta de higiene do tatuador com seu equipamento e local de trabalho;
3) Falta de higiene e cuidado do cliente com a tatuagem;
4) Reação do corpo à tinta. Isso pode variar de pessoa pra pessoa, acontecendo isso, procure um médico.

Os sintomas típicos das tatuagens infeccionadas podem incluir:

Inflamação: qualquer sinal de coloração entre rosa e vermelho ao redor da tatuagem pode indicar inflamação. E a área também pode começar a coçar, o que também indica irritação. Delicadamente, coloque sua mão limpa sobre a área inflamada. Será que ela se sente muito mais quente que o resto da sua pele? Será que o calor parece que irradia? Este poderia ser um sinal de um problema em desenvolvimento. Uma pequena quantidade de inflamação/irritação pode ser esperada em uma nova tatuagem, mas se aumentar ao invés de diminuir ao longo das primeiras 48 horas é um sinal de que você pode ter uma infecção.

Inchaço: não deve ser excessivo. Se não for tratado, o inchaço começar´a por deformar sua tatuagem e depois irá se espalhando fora da área da tatuagem.

Febre: nos casos de infecção a febre tem a mania de aparecer e dar seu “alô”. Com a febre podem chegara coceira muscular ou o cansaço generalizado;

Dor: o desconforto após (e durante) a tatuagem é normal, mas se esta dor continuar após as 48 horas de feita a tatuagem, você deve consultar o médico.
Supuração: é comum que sua nova tatuagem supure um pouco, e até pode haver um pouco de sangue nesta supuração; mas se sua tatuagem começar a produzir um pus verde e amarelo, não é bom sinal.

Mau cheiro: cheire sua tatuagem, se o cheiro não for bom, é porque você tem uma infecção.

Estrias vermelhas: estrias vermelhas que se irradiam a partir do lugar original da tatuagem pode ser um grave sinal de envenenamento do sangue.

Fonte: curitibatatuagem.com.br e artenocorpo.com

Hipertermia

A Hipertermia  é caracterizada pelo aumento da temperatura normal corporal, superior a 40ºC.

Suas causas estão relacionadas à exposição excessiva ao sol, exposição a ambientes de intenso calor, pelo consumo de medicamentos e pode ser também ocasionada devido a alguma patologia por febre muito alta.

É muito comum as pessoas associarem o termo febre com hipetermia. A febre é representada pelos sintomas que são similares como calafrios, aceleração do pulso e da respiração, entre outros, que servem para reajustar alguns mecanismos de termorregulação. Já a hipertermia acontece devido à sobrecarga dos mecanismos termorreguladores do corpo, elevando a temperaturacorporal acima do ponto de regulação térmica.

Causas da Hipertermia

  • Exposição a ambientes com temperatura elevada
  • Fatores que impedem o mecanismo de perda de calor
  •   Prática excessiva de atividade física
  • Desidratação
  • Intoxicações diversas
  • Drogas como fenotiazinas, depressores miocárdicos, barbitúricos, anfetaminas, etc.
  • Por agentes patológicos

Sintomas

  • Suor intenso
  • Confusão Mental
  • Câimbras
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Respiração intensa
  • Ansiedade
  • Perda de Coordenação

Consequências

A hipertermia pode levar o indivíduo a consequências catastróficas em algumas intensidades, com disfunção de vários órgãos e até a um óbito. Suas principais consequências são:

  • Insuficiência Respiratória
  • Insuficiência Renal Aguda
  • Insuficiência Hepática
  • Lesão Intestinal Isquêmica
  • Pancreatite
  • Trombocitopenia
  • Hemorragia gastrointestinal
  • CoagulaçãoIntravasculardisseminada
  • Lesão Cerebral onde ao atingir a temperatura de 41ºC o cérebro começa a ser danificado e ao chegar à temperatura de 50ºC ocorre à rigidez dos músculos e leva o indivíduo a morte.

Tratamento

Para minimizar os problemas causados pela hipertermia, alguns processos devem ser feitos para conseguir o resfriamento do corpo. Os principais métodos são:

  • Ventilar o corpo do indivíduo
  • Cobrir com toalhas molhadas
  • Usar sacos de gelos entre as virilhas, axilas e pescoço
  • Cobrir o corpo com gelo
  • Cobrir o corpo com cobertor gelado
  • Lavagem gástrica e peritonial gelada
  • Bypass cardiopulmonar

Fonte:infoescola.com

 

Febre: aumento de temperatura por ação interna do cérebro para combater infecções.

Hipertermia: aumento por exposição do corpo a agente externo (ex. insolação).

 

Nuvem de tags