Qro

Quero me perder nesse corpo sem trilha
Abafar minha voz na tua lingua sedenta
Prender minha respiração nessa mal feita barba
E encontrar meus pés entre tuas coxas
Quero provocar-lhe amor
Quero sacudir-lhe rubor
Quero ter você antes do sol se pôr.
Não contenhas amor
Não reprima teu masoquismo
Pois quero fazer de tuas mãos pontes entre meu seio e tua boca
E quando tudo já houver de ter acontecido
Quero suspirar, ainda molhada pelo teu suor, em teu ouvido.
Que quero todo o amor que houver nessa vida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: