Dias de plantões seguidos. Duas noites de plantão seguidas não é fácil, não pelo cansaço físico, nem chega a ser isso, mas o fato de dormir pouco e o pouco que dorme um sono de alerta onde nunca relaxo.
Mais um quarto no sono, agora são nove e ficou então três pacientes para cada técnica, ontem um paciente super grosseiro e mau humorado que peguei, tratei só no mel, acho que ele ficou envergonhado porque pela manha me pediu desculpas pelo jeito grosso, fazendo reclamações e dizendo que nada estava bom.
A mente está mais calma, os planos e a ideias deram um cessar e agora até consigo sentir um pouquinho de tranquilidade.
É aquela coisa de aprender a lhe dar com o tempo, sei que muita coisa pode mudar com meus atos, mas muitas vezes o tempo é soberano as nossas vontades e é preciso esperar.
Tem dias que a saudade apertão peito, as lembranças cansam a mente e a vontade cessa qualquer outra vontade de ser.
Mas sei que a culpa é minha por manter isso vivo.
Hoje assisti o DVD que a prima me emprestou do crepúsculo – amanhecer um… Muito bom. Amei o filme talvez o melhor desde o primeiro.
E uma pilha de filmes se acumula no PC tenho que assistir só na encaixei ainda o tempo com a vontade.
Sem a mínima vontade de ir pro faceBook, porque quando penso demais nele, só quero fazer uma coisa e pra evitar melhor ficar quieta.
Pior que querer alguém e não ter, é ter por incompleto, é triste.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: