Hoje eu quero falar de um assunto que está inserido no nosso cotidiano.
Um assunto em que todo mundo já se viu diante dessa situação.
A violência doméstica.
Onde as vitimas não são crianças, nem mulheres, nem idosos, onde as vitimas são animais domésticos.
Animais que são LEVADOS para aquela residência, sitio ou ponto comercial e são submetidos à incapacidade de humanos em lidar com sentimentos de frustração ou perdas.
Uma violência doméstica pouco mencionada.
Mas não menos horrenda e nem inferior do que aquela cometida com pessoas, afinal de conta as vitimas tem um único ponto em comum são INOCENTES, frágeis e indefesos.

Chutar um animal é sim um ato de violência.
Abster o animal de comida, água e cuidados veterinários é sim um ato de violência.
Submeter o animal a situações de frio ou de calor excessivos é um ato de violência.
Privar o animal de um lugar confortável e seguro para o mesmo passar seus dias e noites é sim um ato de violência.
Gritar, xingar e dar palmadas em um animal também são atos de violência.

E a questão que importa nesse momento é: FUTURO
É esse o mundo que você quer deixar para seus netos?
É esse o ensinamento que você quer que seu filho aprenda?

Pode vir a sua cabeça:
– Mas é só um animal. Eles não ligam.

Animais sentem tanto quanto nós. Eles gritam, eles sentem frio, sente fome, eles se reproduzem, eles envelhecem. O QUE FAZ VOCÊ ACREDITAR QUE ELES NÃO SENTEM DOR?

E que exemplo de espécie seremos se não temos a capacidade de cuidar daqueles que precisam de proteção? Se não temos a capacidade de lhe dar com seres mais simples -comportamentalmente falando – que nós?
E quando tivermos que lhe dar com seres tão mais complexos e complicados como outros seres humanos que reação nós teremos?

Isso não tem nada haver com evolução ou religião. Estou falando de ética.

Eridan Castro.

#FicaADica

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: