Sensação

E daí vem sempre aquele desejo que me entra pela veia e torna meu corpo dependente de você.

E eu já tinha resolvido tudo na minha cabeça, finito.

Mas agora em abstinência decido ter você de novo.

E vez e outra é assim sempre caio na ressaca do dia seguinte que tive você, mas não posso passar muito tempo sem você porque logo a ansiedade, logo os sonhos, logo o desejo ressurge e mais forte e mais intenso.

As lembranças me acordam e dormem comigo, lembranças tão vivas que chego a sentir teu cheiro.

E como eu quero resistir e dizer não, e como eu quero resistir e não te ligar, e não te falar e não te ver.

Mas eu quero, eu quero te ver de novo e sentir tudo de novo, mais forte, mais intenso, nem que seja só por um dia, um dia entre um mês.

Não importa o que você fará amanha, desde que hoje eu tenha você.

E não me importa as condições, e nem a situação, eu quero, nem sei se sou eu, se é meu corpo, se é meu sangue, eu só sei que quero.

E quando sinto a boca seca e fico na vontade de um beijo teu, de um abraço teu de uma mordida tua.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: